.:Lembre-se:.





.:Frase:.

Escreva sua história

Escreva sua história na areia da praia
Para que as ondas à levem através dos 7 mares
Até tornar-se lendas na boca de estrelas cadentes

Conte sua história ao vento
Cante a nos bares para os rudes marujos
Aqueles cujos olhos são faróis sujos... sem brilho

Escreva no asfalto com sangue
Grite bem alto a sua história
Antes que ela seje varrida na manhã seguinte pelos garis

Abra o peito na direção dos canhões
Suba nos tanques de Pequim
Derrube os muros de Berlim
Destrua as cátedrais de Paris

Abra o peito na direção dos canhões
Suba nos tanques de Pequim
Derrube os muros de Berlim
Destrua as cátedras de Paris

Defenda sua palavra
A vida não vale nada
Se você não tem uma boa história pra contar!


.:Vc Ouve:.


">
.:Zélia Duncan_Não Vá Ainda:.




.:Perfil:.

É muito difícil falar de nós mesmos...
Afinal, nem sempre como a gente se vê é como as pessoas nos enxergam. Não vou ressaltar qualidades nem defeitos, porque qualidades e defeitos são percebidos com o tempo, no dia a dia, e o que pode parecer qualidades pra uns é defeito pra outros...
Posso dizer que sou meio impulsiva, ajo de acordo com o que o coração manda, meio por instinto e depois, vem a razão e com ela as consequências... Mas estamos aí é pra aprender, às vezes cair, e sempre levantar... Algumas vezes errar e outras muitas acertar... Creio que eu tenho acertado mais do que errado.
Amo minha familia e meus amigos! E quando sou amiga sou de verdade, companheira, sincera não tenho inimizades porém, depois de muito levar nas costas com amizades falsas escolho com quem ando.
Não gosto de mentiras e menos ainda de meias verdades, simplesmente não gosto de futilidade, mediocridade, bobagem ou falta de compreensão. Adoro respeito, amizade e consideração. Eu sou eu mesma!
Que os Amigos sejam bem vindos!!! .: HERA :.


.:Link-Me:.




.:Néctar:.


.:No Olimpo:.

.:Templo da Sedução:.



.:Paixões Antigas:.

19/11/2006 a 25/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006


.:Lei:.



.:Etc:.



eXTReMe Tracker

.:Layout By dd®:.

.:Contato Aqui!:.




Olá...
Recebi este texto por e-mail, não havia autor, busquei e encontrei, achei lindo e quis mostrar a todos vocês, não sei se volto antes do final do ano, mas tentarei. Quando ganhei este espaço, queria postar toda a semana, todo dia quase, risos... mas nem sempre as coisas saem como queremos né? Com vocês é assim? Mas tenho um compromisso com minha amiga
Afrodite®, prometi postar ao menos uma vez por mês, e tenho cumprido... risos...

Espero que gostem do texto.
Bjinhos, HERA 



/Proposta\

Quero te propor que não me desejes
apenas nos teus sonhos
e nem me beijes apenas em pensamento.

Quero que me tomes nos teus braços carinhosamente
saciando assim a minha vontade
de sentir o teu corpo sedento de amor.

Proponho que uses e abuses de todos os meus carinhos
sentindo as minhas mãos ousadas a te tocar
Deixar que nossos corpos fiquem bem juntinhos
e nada mais quero ouvir além do teu sussurrar.

Proponho que proves todos os meus beijos
e que sintas neles todos os sabores
Desejo que desfrutes de todos os meus anseios
deixando de lado todos os teus temores

Quero te propor uma noite de amor
tendo como testemunha apenas o luar
Deixarei que me possuas completamente
e será somente teu o meu pensar.

Nossas fantasias irão nos guiar
e todos os sonhos mágicos
na mais pura e gostosa realidade
irão se transformar.

E para que tudo isso aconteça:
Basta a minha proposta aceitares
Meu Amor!!!

/Autor Guto Lopes\



.:Escrito por HERA às 16h56:.









Olá...
Demorei de novo a postar né? Desse jeito vcs não vêem mais aqui né?
Ah! Não. Prometo sempre postar. risos... Senti saudade.
Bjinhos, HERA



O Anjo Noturno

Na calada da noite
Ele chegava de mansinho
Com passos lentos
O Anjo Noturno fazia-se presente.
Com seu aroma perfumado
Fazendo estremecer todo um corpo solitário.
Suas mãos passeavam por todo aquele corpo
Com a certeza de que era somente dele e de mais ninguém.
Ele se deliciava com cada toque
Com cada gemido
Com cada tremor da sua bem amada.
Cada vez que ele se aproximava
Percebia o poder de sedução que exercia sobre ela.
E ela não se intimidava
Pois queria mais... mais... e muito mais.
A noite parecia não terminar.
Parecia não ter fim.
Os dois se entrelaçavam
Se amavam
Mormuravam palavras de carinho
De ternura chegando a um êxtase de um supremo amor
Num delírio cheio de tesão.
Mais tudo não passou de um sonho
De um sonho lindo de alguém que vive uma eterna paixão.
Paixão esta
Por um Anjo Noturno.

Autora: Izaura N.Soares
Modificado por: HERA



.:Escrito por HERA às 18h42:.









Olá...
Desculpem a demora em postar... Estive sem Internet... Senti saudades de todos...
Bjinhos, HERA



Só Mais Uma Vez...

Queria apenas por um momento,
Poder apagar o passado,
Poder estar ao seu lado,
Para dizer que te amo.

Queria apenas por um instante,
Poder tocar a tua face,
Poder ter o teu amor,
Poder sonhar um pouco mais.

Queria apenas por um minuto,
Poder ser um daqueles silêncios,
Que quando menos se espera,
Surpreende de forma irreverente.

Queria apenas por um segundo,
Poder ser parte do teu pensamento,
Poder ser a cada instante,
Uma lembrança constante,
Que não se apaga mais.

Enfim, queria apenas uma chance,
Para ter um momento do teu amor,
Um minuto do teu silêncio, e...
Todos os segundos do teu pensamento!

(Autor Desconhecido)



.:Escrito por HERA às 21h26:.









Olá...
Acho que estou tomando gosto em escrever... risos...  Espero que gostem deste "Dueto"... Desculpem a demora e até a próxima...
Bjinhos, HERA



Ela: Bom hoje em dia o mundo gira em torno do computador... A informática nunca foi meu forte, porém aos trancos e barrancos aprendi a lidar com esta máquina misteriosa... (risos)... O pior é que o micro resolve dar pau na hora que a gente mais precisa... Devido minha pouca experiência toda vez que isso acontece peço socorro a certo rapaz que nos foi muito bem recomendado e tem muita paciência em tirar duvidas e explicar como se deve proceder nessas ocasiões. Em uma dessas visitas reparei que era um rapaz bastante atraente e que nutria certa atração por mim... Mas não deixei que transparecesse, afinal sou casada e ele era muito profissional jamais me desrespeitou. Porém no final do mês eu cheia de relatórios a fazer e o micro pifou, nada funcionava. Liguei pra ele e supliquei que viesse ao meu socorro.

Ele: Nossa aquela maravilhosa loira do escritório ligou, desde o primeiro contato que tive com ela já percebi como era linda e sexy esta mulher. Ela é uma loira de seus 30 anos, rosto fino, seios médios, bundinha empinada, corpo de garota de 25 e olhos de loba que quer devorar. Mas acho que minha imaginação voa demais pq ela é uma mulher seria e casada. Mas como imaginar não custa nada rs...

Ela: Enquanto esperava fui ao toalete retoquei o batom e liguei o rádio, pois estava sozinha e fiquei imaginando como seria transar com ele ali, no escritório do meu marido. A idéia me deixou excitadíssima.

Ele: Bom já que vou vê-la nada como uma penteada no cabelo, gel, perfume gostoso, e tudo mais que um homem faz quando está interessado. Peguei meu carro e a mil com as fantasias a rodar em minha mente.

Ela: Meia hora depois ele chegou foi logo se sentando em frente ao computador e fuçando. Devido meus pensamentos digamos meio que impuros (risos) eu estava meio agitada, e ele percebeu minha inquietação.

Ele: Ela parecia agitada, menos decidida e firme que das outras vezes, será que eu causava alguma reação nela? Será que eu devo arriscar algo? Imaginei que não faria mal se ela ficasse mais próxima a mim para eu sentir o seu perfume.

Ela: Chamou-me pra mostrar como deveria proceder quando isso voltasse a acontecer. Debruçando-me sobre a cadeira que ele estava para poder aprender, meu rosto estava quase se encostando ao seu e meu seio em suas costas.

Ele: Ela veio pra próximo ficando atrás de mim, eu podia sentir seus seios tocando de leve em minhas costas e sua voz e seu perfume me tirava todo juízo que ainda restava. Ela usava uma saia longa justa que marcava sua calcinha pequena e sexy, apenas um pequeno triangulo na bundinha. E deveria ser aquelas de alça bem fina, pois eu não conseguia ver mais nada alem do triangulo. Eu tentava pensar, mas meu pau já latejava dentro da calça e como estávamos a sós no escritório o Tesão falou mais alto e avancei...

Ela: Quando dei por mim ele estava alisando minhas pernas por baixo da saia longa que eu usava. Por um breve momento pensei em me afastar, mas a vontade de ser daquele homem, falou mais alto e deixei que ele continuasse subindo sua mão cada vez mais. Fui um tanto oferecida, mas meu corpo estremeceu ao toque daquela mão quente e macia que subia vagarosamente.

Ele: Como ela tremia e arrepiava-se ao meu toque, eu podia sentir cada pedaço de sua pele arrepiar e tremer. Era um toque gostoso porque o coração batia rápido e forte, ela estava imóvel ali naquela posição como uma presa à mercê do predador, aguardando ser devorada sem reação. Eu já continuava sentado, mas não via mais computador e nem mais nada, estava totalmente entregue aquele momento tão sonhado com aquela deusa. Queria ela não apenas no toque, mas toda e completa...

Ela: Num movimento rápido ele subiu minha saia, afastou minha calcinha e começou a beijar minha gruta, enfiando sua língua entre os grandes lábios chegando ao clitóris.

Ele: Hummm que delicia foi sentir seu mel e seu gosto em meus lábios, pude ver o quanto eu era desejado e o quanto ela deveria esperar por isso, me deliciei a cada toque de minha língua em sua deliciosa gruta. Chupava com uma vontade de quem não quer parar ate conseguir tirar cada gota ou esgotá-la de tanto prazer.

Ela: Contorci-me toda de prazer e o puxei para cima, pois meu desejo era tanto que com esse simples toque eu quase gozei em sua boca. Contra sua vontade ele parou, levantou-se me virou de costas debruçando-me na mesa...



Ele: Ver aquela mulher até a pouco toda séria e decidida, agora ali entregue a me suplicar que lhe desse prazer era uma visão indescritível, sua bundinha ali empinada a me esperar e me convidar, seminua, saia acima da cintura e calcinha agora a minha vista, completamente molhada e exalando o cheiro de prazer. Era o momento de tê-la, total e exclusivamente minha...

Ela: Penetrou-me com seu membro teso e duro segurando minha cintura com as mãos fazendo um ritmo louco de vai e vem...

Ele: Podia sentí-la se contrair apertando meu membro dentro dela, era tanta vontade e desejo que parecia nunca ter tido igual na vida. Ela mordia os lábios e eu ali dando o melhor de mim, a aquela maravilhosa mulher recém descoberta no prazer.

Ela: Gemi auto, pedindo que ele não parasse, e sem muita cerimônia gozei... Gozei como se fosse minha 1º vez... Meu corpo tremia de tal forma que eu não conseguia ficar em pé...

Ele: Minha deliciosa tinha chegado ao seu orgasmo e isso é o troféu para um homem que sabe tratar uma mulher, mas agora era a minha vez de me realizar com ela, e tudo apenas havia começado. Podia sentir que ela mesmo gozando loucamente não tinha a intenção de parar por ali.

Ela: Mas ele continuou a me segurar fazendo o mesmo ritmo, e massageando meu delicado ânus, sem perceber sua intenção fui deixando até que tirou seu pênis de minha vagina e aos poucos foi introduzindo-o lá dentro.

Ele: Ela tinha percebido minhas intenções e não ofereceu resistência ao meu membro duro e molhado, que invadia sua bundinha apertada e tão desejada, e que já havia lhe dado muito prazer a pouco. Parecia que era uma forma de retribuir o que havia feito.

Ela: Eu estava tão alucinada de excitação que apenas o auxiliei empinando meu bumbum ainda mais para melhor recebê-lo. Os movimentos eram tão rápidos que senti uma leve dor quando ele chegou ao fim... Mas ele massageava meu clitóris e beijava minha nuca para que eu relaxasse e não desistisse de dar meu botãozinho... A cada estocada ele gemia dizendo o quanto era quentinho e apertadinho...

Ele: Após passar a pequena dor da introdução ela parecia adorar aquilo e pedia mais e mais, me engolia como se quisesse me sugar todo para dentro, tanto prazer que meu corpo em muitos momentos queria explodir dentro dela.

Ela: E eu rebolava e empurrava cada vez mais forte... Ate sentir a explosão de seu gozo dentro de mim, enquanto eu gozava pela 2º vez em sua mão...

E desde então faço um back-up geral em meu computador pelo menos uma vez por mês junto com ele, claro.



.:Escrito por HERA às 16h31:.









Olá...
Achei este poema lindo assim que li...
Nele diz o que meu coração sente neste momento.
Espero que agrade... risos...
Bjinhos, HERA. 



Um dia®

Quando penso na gente...
Bate a saudade!
Do tempo que fui feliz.

Saudade das carícias
Das palavras doces
Do tempo em que conseguia sonhar.

Não do tempo que sofri
Amor enorme
Queda dura.

Cada passo dado pra perto de ti
Só aumentava nossa distância.

Lembro das lágrimas que rolaram
Ainda rolam
E vejo que nada sobrou
O sol apagou
O céu pretejou

Ainda ontem te esperei
Você não voltou, esqueceu
A esperança partiu
A saudade ficou

O que conforta
É a certeza de que irá voltar
Pois não achará quem te ame
Como eu amei.

E quando isso acontecer
Não volte mais
Permita-me ser feliz
Ao lado de outro alguém
Que valor saberá me dar.

Autora: DF



.:Escrito por HERA às 20h02:.









Olá...
Hoje vou compartilhar com vocês uma experiência inesquecível que vivi... E até então, nunca mencionada.
Bjinhos, HERA.

 

FÉRIAS
By HERA

Aconteceu há muitos anos atrás com uma linda amiga. Estávamos na Faculdade, último ano, estudávamos juntas desde o 1º ano do fundamental e decidimos fechar esse com categoria... Nas férias de julho decidimos ir pra Santa Catarina, uma cidadezinha bem aconchegante chamada Pomerode, queríamos conhecer novos gatinhos, tomar um bom chocolate quente e curtir o friozinho que fazia lá.

Fomos sozinhas, então resolvemos dividir o mesmo quarto no hotel. Escolhemos um dos melhores, afinal merecíamos, estaríamos tirando férias juntas pela última vez. Saíamos bastante durante o dia e a noite também... E quando voltávamos pro hotel dormíamos como pedra, mas teve certo dia que amanheceu chovendo muito... O jeito foi ficar no quarto do hotel debaixo das cobertas e foi ai que tudo começou... Resolvemos pedir o café no quarto, pois não queríamos sair da cama pra nada, pois além de chuvoso, devia fazer uns 4º lá fora. Ao contrário da suíte, que estava bem quentinha e aia ficar ainda mais.

Colocamos um filme de suspense, mas não conseguíamos assistir, pois não parávamos de conversar, mulheres quando se juntam, sabe como é... Falávamos sobre tudo; saúde, beleza, amigos, família, garotos e claro, sexo. E à medida que falávamos percebi que estávamos ficando excitadas. Nunca tinha sentido isso por nenhuma mulher antes e sei que ela também não... Era estranho pras duas e quando nossos corpos se esbarraram, nos olhamos profundamente como quem diz você me quer? E ao mesmo tempo respondendo sim...

Ela me beijou de um jeito, que parecia que eu sempre havia gostado de mulher. Automaticamente tirei sua roupa e ela a minha, comecei a tocar seus seios, depois fui descendo pela sua barriga, sua cintura até alcançar sua vulva úmida e carinhosamente enfiei meu dedo... Num ritmo lento de vai e vem... Em todo momento olhávamos nos olhos uma da outra e senti sua mão a me tocar e sugar meus seios... Tínhamos uma sintonia perfeita, estávamos totalmente entregues aquele momento.

Ela deitou-me na cama, e se posicionou em cima de mim, fazendo assim um meia nove delicioso, alternávamos mãos e boca, lambíamos, chupávamos, colocávamos nossos dedos, acariciávamos o clitóris uma da outra até que chegamos ao gozo pleno. Nunca havia sentido uma sensação como tal. Puxei-a para meus braços e nos deliciamos com um sensual beijo na boca. Ficamos ali por instantes tentando perceber o que teria acontecido, além do desejo que nos queimava ainda há pouco. Foi tudo muito gostoso e inesquecível.

Ficamos por lá, mais dez dias e repetimos novamente todo aquele momento mágico que nos envolveu.



.:Escrito por HERA às 13h14:.









Olá...
Momento... Vontade... Desejo... Realização... E poema.
Bjinhos, HERA. 



Encontro®

Madrugada chegando
O sono sumindo
Ao lado
Ele esperando
E o medo impedindo

Há tempos o quero
Vejo desejo em teu olhar
Como um imã
Meu corpo o trazendo
Puxando pra perto

As mãos encontrando
O corpo colando
Coração acelerando
O desejo ardendo
Não estamos mais
Agüentando

A roupa tirando
Membro encaixando
À vontade crescendo
O ritmo aumentando
O orgasmo chegando

Hummmmm
O jato quente desce
Dentro do ventre
E aquece
Queima
Entorpece

Voltamos a si
Lentamente
Recompomos-nos
Aos poucos
Com um longo
E sedutor beijo

Selamos
Este encontro.



.:Escrito por HERA às 15h16:.









Olá.
Esse meu texto é pra você que está aqui agora...
Beijinho, HERA 



Agradeço

Agradeço tua presença
Você que vem de perto
Você que chega de longe
De tela pra tela
Do teu ao meu
Tela que apresenta

A tua presença
Prende os meus olhos e a minha atenção
Ao que tu escreves

Gosto desse sorriso aí do outro lado
Nunca o vi... Mas sei que ele existe
Um sorriso constante

Gosto! E quem gosta sente
Mesmo quando o outro
Está um pouco ausente

Mesmo você estando aí
Está também aqui
No coração

Ei; gosto de ti
Que fica aí quietinho
Que não escreve
Não comenta

Mas recebe e aceita
Permitindo-me entrar na tua vida
E nela, fazer parte

Agradeço a essa nossa
Virtual amizade...



.:Escrito por HERA às 15h44:.









Olá.
Primeiro gostaria de agradecer você por ter vindo.
Peguei seu link no blog de uma amiga. risos...

Minha amiga, adora escrever... Sobre tudo...
Eu também gosto de me expressar...
E ao comentar sobre... Ganhei este espaço...
Feito por ela, de coração.
Por isso...
Postarei aqui...
Poesias, poemas, contos, versos, frases, palavras...

E nada mais justo que começar, com um texto escrito por ela.
Linda, obrigada pelo carinho e pelo Olimpo.
Beijinho, HERA 



Brincar de amar®

Sinto um desejo louco e ardente...
Que entra, sai, volta e invade minha mente.

Fecho meus olhos e sonho...

Sinto você me acarinhar...
Sinto tua língua em minha língua me excitar...
Fazendo meu corpo todo se entregar.

Sinto tua boca, agora minha,
Pelas minhas curvas deslizar.

Tento me segurar e me acalmar,
Mas minha pele continua a queimar.

Será loucura?
Se for... Não haverá cura...

Mas quem quer saber de cura?

Quero te amar, amado meu.
Quero a ti me entregar...
De corpo, alma e coração.

Quero te sentir por dentro e por fora de mim...
Quero ficar assim, neste sentimento sem fim.

Diga-me.
Até quando?
Até quando iremos brincar de amar?

Autora: Afrodite®
Seu Blog:
Templo da Sedução®



.:Escrito por HERA às 14h09:.